UEHP e APHP questionam candidatos a eurodeputados

UEHP e APHP questionam candidatos a eurodeputados

Como dentro de algumas semanas mais de 500 milhões de europeus escolherão os seus representantes no Parlamento Europeu, a União Europeia de Hospitalização Privada (UEHP) e, em Portugal, a Associação Portuguesa de Hospitalização Privada (APHP) decidiram questionar os candidatos às eleições Europeias de 2019 sobre o lugar da Saúde na agenda política.

Embora os cuidados de saúde sejam geralmente considerados como uma competência nacional, para ambas as associações, o papel da União Europeia para melhorar a saúde de todos os cidadãos não é negligenciável. UEHP e APHP entendem que as próximas eleições europeias são de grande importância, uma vez que representam a oportunidade de uma mudança na conceção e governação da economia europeia, que deve ser capaz de promover o bem-estar, a inclusão social e uma melhor saúde para os europeus.

Neste contexto, apresentaram aos futuros deputados do Parlamento Europeu um inquérito com nove questões, definidas em função de outros tantos temas de importância crucial para o setor privado:

PRIORIDADES: Quais são as suas três principais prioridades, em termos de Legislação Europeia, em relação à prestação de cuidados de saúde?

NETWORKING: Como é que as relações entre os diversos stakeholders da saúde na Europa influenciam e contribuem para o seu trabalho?

ESTRUTURA DO SISTEMA DE SAÚDE: Qual é a sua perceção em relação ao lugar e papel dos hospitais privados em cada sistema nacional de saúde? E em relação ao financiamento e regulamentação da UE, tendo em vista a igualdade de tratamento e a concorrência leal entre todas as entidades de saúde?

MOBILIDADE DOS PACIENTES: Como melhorar a implementação da Diretiva 2011/24/EU, no que diz respeito à mobilidade dos pacientes e à informação em cada Ponto de Contacto Nacional?

PROFISSIONAIS: Qual a sua opinião sobre a harmonização na educação e formação dos profissionais de saúde?

QUALIDADE: Como melhorar o reconhecimento e a promoção da qualidade na prestação de cuidados e a relevância dos cuidados prestados aos pacientes na Europa?

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL: Qual a sua visão da eHealth, novas tecnologias, inteligência artificial, partilha de dados, interoperabilidade e proteção de dados?

INOVAÇÃO: Como apoiar a implementação de inovação na prestação de cuidados de saúde? Que instrumentos de financiamento da UE considera adequados para a adoção de tecnologias modernas na prestação de cuidados de saúde e para reduzir as diferenças entre os Estados-Membros?

SETOR PRIVADO: Qual a sua opinião sobre o contributo dos prestadores privados para o Sistema Nacional de Saúde?

Partilhe

Deixe uma resposta