UEHP analisa resposta europeia à COVID-19

UEHP analisa resposta europeia à COVID-19

Na reunião do conselho da União Europeia de Hospitalização Privada (UEHP), que se realizou a 26 de junho por videoconferência, esteve em análise a resposta dos diversos países à COVID-19.  As diversas associações nacionais, incluindo a APHP, partilharam experiências e explicaram como as autoridades nacionais lidaram com a pandemia, qual foi o nível de envolvimento do setor hospitalar privado e as consequências económicas que o setor está a enfrentar.

Portugal e Espanha enfatizaram a quebra de atividade, o aumento de custos com EPI e as campanhas para regresso dos pacientes aos hospitais.

Apesar de todos os membros terem em comum os mesmos constrangimentos decorrentes da pandemia, como o cancelamento de cirurgias e procedimentos não urgentes, o papel do setor privado e o nível de compensações financeiras diferem fortemente de país para país. Na Alemanha, por exemplo, foi atribuído a todos os hospitais, públicos e privados, uma compensação de 560 euros por dia, o que já não acontece em Portugal ou na Polónia.

Foi também consensual que o recurso à telemedicina, que foi acelerado pela pandemia, é uma componente viável dos cuidados de saúde.

As intervenções permitiram ainda concluir que este é o momento para repensar as competências da União Europeia em matéria de saúde e para esta assumir a saúde como uma prioridade a nível europeu

Partilhe

Deixe uma resposta