Segunda equipa de alemães que auxiliam no combate à COVID-19 já está no Hospital da Luz Lisboa

Segunda equipa de alemães que auxiliam no combate à COVID-19 já está no Hospital da Luz Lisboa

Os profissionais de saúde do Exército da Alemanha, que desde o início de fevereiro asseguram uma Unidade de Cuidados Intensivos (UCI) disponibilizada pelo Hospital da Luz Lisboa ao Serviço Nacional de Saúde (SNS), foram rendidos, no dia 23, por uma nova equipa alemã de 26 elementos com experiência em medicina intensiva.

A unidade dinamizada por este segundo grupo de 8 médicos e 18 enfermeiros militares germânicos, que ficarão em território nacional por seis semanas, tem capacidade para receber oito doentes críticos com COVID-19.

Dias antes de regressar à Alemanha, em conferência de imprensa, o coordenador da primeira equipa alemã, coronel Jens-Peter Evers, elogiou e agradeceu a «cooperação perfeita» entre autoridades portuguesas, autoridades alemãs e o Hospital da Luz.

A cedência desta UCI do Hospital da Luz Lisboa surge no âmbito da colaboração com o SNS para a resposta nacional à COVID-19. Como explicou Isabel Vaz, CEO da Luz Saúde, foi possível reorganizar recursos e adaptar espaços «em tempo recorde», para corresponder ao apelo do Ministério da Saúde, «ajudar o país numa fase difícil» e permitir que as equipas alemãs possam trabalhar num único espaço.

«Não esperávamos encontrar tão boas condições de trabalho como aqui, não podiam ser melhores», salientou Jens-Peter Evers, para quem o único objetivo da equipa é «salvar vidas».

Partilhe

Deixe uma resposta