APHP considera que PRR é do Estado para o Estado

APHP considera que PRR é do Estado para o Estado

A APHP considera não ser admissível que o Plano de Recuperação e Resiliência exclua a hospitalização privada da componente de Saúde e não a tenha em consideração quando está em causa estimular a resiliência do sistema de Saúde, num contexto em que se evoca a necessidade dos setores público, privado e social trabalharem “ombro a ombro”. Conheça aqui a posição que a APHP já submeteu na plataforma oficial da consulta pública do documento.

Partilhe

Deixe uma resposta