AIOP Giovani faz viagem de estudo a Portugal

AIOP Giovani faz viagem de estudo a Portugal

A AIOP Giovani, uma associação de jovens quadros da hospitalização privada italiana, realizou uma visita de estudo a Portugal, de 22 a 26 de outubro último. Com passagens por diversos organismos estatais e privados, incluindo unidades de saúde, os 30 elementos da delegação transalpina tiveram a oportunidade de constatar as características e virtudes da rede privada.

Na primeira manhã de reuniões, o Serviço Nacional de Saúde foi apresentado pelo Secretário Geral da Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares (APAH). Abordou-se a evolução do modelo, o seu financiamento, os subsistemas confinantes, o orçamento e a despesa. Referiu-se também a natureza mista do sistema, com a participação ativa de hospitais privados e de natureza social. Ficou claro para todos que o SNS é programado, gerido e regulado a um nível central e que a coordenação da prestação de serviços de saúde acontece numa esfera regional. As experiências das USF, o modelo dos hospitais EPE e em regime de PPP foram também temas amplamente dissecados.

Na visita ao Centro Hospitalar Psiquiátrico de Lisboa (CHPL) foi apresentada esta unidade de saúde do SNS dotada de personalidade jurídica, autonomia administrativa, financeira e patrimonial.

No INFARMED, os colegas italianos inteiraram-se do modo de atuação e dos mecanismos ao alcance da Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde.

Na passagem pelo Hospital de Santa Maria, a delegação da AIOP Giovani observou o funcionamento dos serviços de Cardiologia, Pediatria, Neonatologia e de Urgência. O momento foi oportuno para percecionar a atuação de uma das maiores unidades hospitalares do país, que partilha a prestação dos cuidados de saúde, com a função de ensino e formação pré e pós-graduada com a Faculdade de Medicina de Lisboa.

No dia seguinte, a comitiva transalpina ficou a conhecer o Health Cluster Portugal (HCP) e o Pacto para a Competitividade e Internacionalização do setor da Saúde. A apresentação decorreu nas instalações da CIP. O Diretor Executivo do HCP, Eng. Joaquim Cunha, traçou as linhas-mestras deste acordo, assinado entre o Ministério da Economia e este Cluster, do qual também foram apresentados os principais indicadores. A AIOP Giovani, por seu turno, deu a conhecer o Lombardy Life Sciences Cluster, uma comunidade dedicada às ciências da vida na região da Lombardia, que viabiliza o trabalho conjunto de entidades públicas e privadas nos domínios terapêuticos e farmacêuticos.

Os jovens quadros italianos visitaram ainda dois hospitais privados nacionais, designadamente o Hospital da Luz e o Hospital CUF Descobertas, bem como uma unidade em regime de PPP, o Hospital de Cascais. Para além das valências, especialidades e modelo organizativo das três unidades, estas visitas favoreceram um conhecimento real da capacidade e desempenho da hospitalização e da gestão privada de hospitais em Portugal.

Em declarações à comunicação social portuguesa, o presidente da AIOP Giovani, Michele Nicchio, considerou existirem em Portugal experiências de gestão hospitalar «bem distintas das italianas, mas muito válidas, como as parcerias público-privadas» que, no seu ponto de vista, são «experiências consolidadas que evoluíram ao longo do tempo para responder a uma procura cada vez maior por saúde e à necessidade da Saúde Pública encontrar recursos capazes de melhorar a sustentabilidade do SNS».

Esta visita da AIOP Giovani contou ainda com a participação do Prof. Gabriele Pelissero e da Dr.ª Bárbara Cittadini, ex e atual presidentes da AIOP.

A AIOP Giovani foi criada em 2002, como resposta à necessidade de criação de um espaço de debate e de formação para jovens gestores de saúde privada italiana, permitindo também a existência de uma base sólida capaz de garantir a transição geracional para a homónima associação sénior.

Partilhe

Deixe uma resposta